06 dez 2017

Como funciona a Bolsa de Valores

Como funciona a Bolsa de Valores

Como funciona a Bolsa de Valores

A Bolsa de valores é uma espécie de mercado organizado, onde pessoas e instituições se relacionam através da compra e venda de seus títulos e ações. Por exemplo, se você decidir vender uma ação, através da bolsa de valores será possível encontrar um comprador e lá vocês poderão se relacionar.

Qual é o objetivo?

A Bolsa tem como objetivo organizar todas essas negociações em um único lugar, e que seja seguro, garantindo que o investidor que comprou receba as ações que comprou, e o investidor que vendeu receba seu dinheiro pelas ações, tudo de forma justa e eficiente. As suas ações ficam guardadas em um lugar 100% seguro, na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), ao contrário do que as pessoas imaginam, elas não ficam em posse das corretoras.

Qual é a Bolsa Brasileira?

A Bolsa atuante no Brasil é a BM&F Bovespa, que é uma união da BM&F, Bolsa de Mercadorias e Futuros e da Bovespa, a bolsa de São Paulo. Todas as outras bolsas criadas no Brasil foram incorporadas pela BM&F Bovespa ao longo do tempo, assim como a Bolsa do Rio de Janeiro, a primeira criada no país. Para começar a investir é necessário ter uma conta em uma corretora de investimentos ou valores. Elas são as instituições que controlam as ofertas de ações, fundos ou títulos, e fazem o intermédio das negociações entre compradores, vendedores e entre a Bolsa.

Como investir na bolsa?

A Bolsa funciona da seguinte maneira: Uma determinada empresa resolve disponibilizar ações em troca de verba, visando realizar investimentos e projetos. Então ela ‘’abre capital’’, se registrando na bolsa e ‘’listando’’ suas ações.

Após isso, as corretoras estão oferecem essas ações no mercado aos primeiros investidores, que é o chamado mercado primário. A parti daí surge a relação de oferta e demanda pelas ações, sendo que um investidor primário pode desejar vender as suas ações rapidamente por achar que o preço delas irá cair, e outro investir que deseja compra-las pois acredita que elas irão subir.

O investidor lança um comando de venda de suas ações na corretora, determinando o valor que pretende obter em troca e simultaneamente o sistema da corretora envia essa ordem para a Bovespa. O outro investidor envia o comando de compra a sua corretora, pelo preço que considera justo para comprar as ações, e automaticamente a ordem é enviada da corretora para a Bolsa de valores.

Caso haja uma concordância do valor na Bolsa, o negócio é fechado; chamamos este de mercado secundário. Esse processo aparenta ser demorado, porém é feito em uma fração de segundos, e de maneira muito prática através da plataforma.

A PROTRADER

A ProTrader foi fundada em 2003 com a missão de trazer para o mercado uma nova proposta em software para o mercado financeira. A empresa atua em diversos mercados dos EUA, Canadá, Austrália, Japão, Índia, Nova Zelândia, China, Turquia, Rússia, Grã-Bretanha, Polônia e África do Sul e agora também o mercado Latino Americano. Baixe a nossa versão demo para desktop: https://protraderbrasil.com.br/desktop/