31 jan 2018

O que são Criptomoedas?

Criptomoedas

Criptomoedas

Com o avançar da tecnologia e da disseminação da internet por mais países, surgiram as criptomoeda como uma nova forma de fazer comércio. As criptomoeda são moedas virtuais, sem vinculo com nenhum país. A criptomoeda é baseada na tecnologia de blockchain e de criptografia, para garantir que o processo, tanto a transição quanto a criação das moedas, sejam feitas de maneira idônea.

A maioria das criptomoeda são descentralizadas, e possuem o blockchain, que é uma espécie de livro de registro onde todas as pessoas da comunidade possuem acesso as transações que foram realizadas com aquela moeda. Isso impede que um órgão ou somente uma pessoa realize alterações nesse registro, mantendo a veracidade do documento. A primeira criptomoeda descentralizada e a mais conhecida, é o Bitcoin, criado em 2009 por um pseudônimo conhecido por Satoshi Nakamoto. Desde dessa data, diversas criptomoeda surgiram no mercado, ainda mais após o ICO, as ofertas iniciais de moedas, que ocorreu no ano passado. Ao contrário das moedas tradicionais, as criptomoeda são criadas a fim de evitar uma hiperinflação, definindo a quantidade máxima de moeda que pode estar disponível no mercado.

Apesar da primeira criptomoeda descentralizada ter sido lançada apenas em 2009, o conceito de moeda eletrônica vem desde 1998, quando Wei Dai publicou uma descrição de um sistema anônimo e eletrônico de pagamento, o ‘’Dinheiro B’’. Após o lançamento do Bitcoin em 2009, foi lanaçada em 2011 a Namecoin com a tentativa de tornar a censura da internet inviável através de um DNS descentralizado. No final do mesmo ano foi lançada no mercado a Litecoin, primeira criptomoeda bem-sucedida ao usar scrypt como função de hash. Diversas outras moedas foram criadas nesse período, mas poucas obtiveram sucesso por causa da sua falta de inovação técnica.

Para investir em criptomoeda é preciso, primeiramente, que o investidor seja maior de 18 anos e possua um CPF. Após isso, é necessário procurar uma das corretoras que disponibilizem esse tipo de investimento no nosso país. A operação se dá basicamente como a das ações, com a venda e compra das moedas de acordo com a oferta e a procura do mercado. Especialistas sempre reafirmam a preocupação com a oscilação cambial que as criptomoedas sofrem, sendo recomendado sempre começar investindo com pequenas quantias, como uma forma de acrescentar a renda. Para ideia de comparação, em 30 de dezembro de 2015 o Bitcoin estava cotado em R$427,13, e hoje, dia 12 de janeiro de 2018, a cotação da mesma moeda é R$ 45.550,00, apresentando uma queda de -1,47% nas últimas 24 horas.

A ProTrader foi fundada em 2003 com a missão de trazer para o mercado uma nova proposta em software para o mercado financeira. Possuímos a plataforma mais completa do mercado e os usuários podem fazer as suas análises e tomar decisões utilizando ferramentas especiais, já que o Protrader Web disponibiliza mais de 50 indicadores para auxiliar nas análises. A empresa atua em diversos mercados dos EUA, Canadá, Austrália, Japão, Índia, Nova Zelândia, China, Turquia, Rússia, Grã-Bretanha, Polônia e África do Sul e agora também o mercado Latino Americano. Conheça nossa versão Web: https://protraderbrasil.com.br/web/